Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó pai, onde está a Mãe?

Rotinas, Organização, Dicas e Desabafos. Uma vida igual a muitas outras!

Faça Você Mesmo (1)

Ana Gomes
07
Abr21

Não sou patrocinada por nenhuma das marcas aqui mencionadas.

 

Comecei de novo nas minhas andanças de crafts e faça você mesmo. 

Com algum investimento inicial em materiais não precisam de ser topo de gama mas o básico como esponjas pincel, tintas chalck, tinta acrilica, pistola de cola quente e alguns materiais como madeiras, vasos, cordas, etc. 

Então ontem à noite o meu filho mais novo queria porque sim pintar um vaso... eu até deixei mas aproveitei e fiz um trabalhinho bem rápido. 

Com uma tábua da IKEA, corda comprada na amazon, a pistola de cola quente, umas quantas flores e ramagens artificiais e uma frase impressa em papel autocolante lá fiz a tábua para colocar na cozinha! 

Um trabalho simples e que ficou super giro! Vejam as imagens espero que gostem! Eu Adorei!!! 

 

Comprei uma panela de pressão eletrica!

Ana Gomes
29
Mar21

Nenhuma marca aqui mencionada patrocinou este post... bem que podiam! 

 

Nunca na minha vida tinha pensado em fazer tal coisa... mas nunca mesmo! 

Sempre tive medo e receio de panelas de pressão talvez porque em miuda a minha mãe usava regularmente a dela e estava sempre a alertar-nos para o facto da panela estar no fogão. 

Na ultima vez que fomos à aldeia, onde eu por norma uso de tudo que me ajude a cozinhar e não me dê trabalho, a minha arrozeira avariou! Do nada desligou-se vi que o cabo estava a sobreaquecer e preferi não voltar a tentar usa-la! 

Assim lá fui eu procurar uma panela de arroz nova... barata e tal... e arranjei uma de uma marca que eu desconheço no nosso país mas da qual já ouvi falar em videos noutros países! Lá comprei a panela da marcas Oster! Sinceramente ainda nao experimentei nem a tirei da caixa. 

Com a panela de arroz e já algum tempo que me vinha à ideia uma panela de pressão eléctrica eu decidi na amazon. es pesquisar a dita panela. Apaixonei-me por uma crockpot que faz sopa, arroz, cozinhados, feijão... epá estava a um óptimo preço e eu que anda há uns anos para ganhar coragem de fazer moelinhas que tanto adoramos em casa mas saem sempre rijas... decidi e comprei. 

Pronto lá vieram as duas... 

Sábado ao almoço lá fiz as moelhinhas que em 45 minutos ficaram tenras a parecer manteiga... maravilhoso! 

Sábado à noite pá de porco esfiado com molho barbacue... a carne ficou deliciosa mas o molho barbecue não me convence a próxima a experimentar vai ser mesmo a costelinha estufada, um arroz de cabidela, os rojões ou um cozido... hhhmmmm.

A bimby que se ponha a toques que já tem concorrência em casa! 

Aqui vos deixo as fotos da panela de pressão e das moelas! 

Ficheiro_000 (1).jpeg

 

Ficheiro_000.jpeg

 

 

 

Quando tenho muita coisa a vencer no frigorifico...

Ana Gomes
25
Mar21

Ontem ao jantar decidi esvaziar o frigorifico de tudo o que estava a vencer... sim... isso mesmo! 

Tinha alguma coisa que estava a acabar o prazo (queijo ralado e ovos) e depois tinha restos de comida que me estavam a fazer confusão não saber muito bem o que fazer com eles... até que me lembrei tenho ali meio pimento, posso esfiar o frango de churrasco, deitar o queijo ralado lá dentro, azeitonas, bacon alguma fruta e queijo ralado de novo... com um ovo em cima... e pronto toca a meter ao forno. 

O que aconteceu? 
Tive um jantar super delicioso fiquei fã do meu pimento recheado com sobras! 

unnamed.jpg

 

Ao fim de um ano de Pandemia!

Ana Gomes
17
Mar21

Acho que em março de 2020 vos disse que a empregada lá de casa foi embora! 

Pois bem passei um ano sem empregada, em que fazia tudo e mais alguma coisa, até que o cansaço e depressão se começou a apoderar de mim! 

Comecei por assim dizer a desleixar-me um pouco da casa, trabalhar 8h/dia, miudos em casa em ensino online, marido em casa sem ajudar em nada comecei a desanimar! 

Cheguei a obrigar-me a fazer as coisas, mas contratar alguém para la colocar dentro sem conhecer para mim era um pouco estranho depois do que já tinha passado! 

E assim passou um ano sem empregada, sem vontade para nada... até que a minha cunhada mandou mensagem a perguntar se nao queria empregada pois a dela estava com as tardes todas livres. 

Liguei-lhe e falei com ela, esclareceu-me as duvidas em relaçao à rapariga (sim ela tem a minha idade mais ou menos) e la me deu o contato dela. Liguei e marque com ela na segunda passada para ela conhecer a casa e decidirmos!

Na terça já lá estava a passar a roupa a ferro... quando cheguei a casa nem a reconheci! Meu Deus aos anos que eu nao via nada assim... nem a antiga fazia isto! 
A rapariga passou-me a roupa a ferro e ainda aspirou a casa e arrumou as coisas... fiquei em choque! Adorei! 

Ela ligou-me ao final do dia a dizer que precisava de lá ir um dia inteiro ou dois para deixar a casa como ela gosta, com tudo limpo e aspirado! Fiquei feliz por ela querer mais... e ainda me disse se quiser levo o cãozinho à rua! 

Melhor não podia ter arranjado até ao momento. 

Desconfinar, confinando

Ana Gomes
16
Mar21

Mais uma vez o tema do costume... COVID, confinamentos e afins! 

Quase que como um tema comum das nossas vidas, bem até pode ser mesmo já que convivemos com esta bicheza há um ano. 

Recordo que há um ano tinha feito a minha última viagem até ao Douro... nem eu sonhava o quanto na memória me iria ficar gravada aquela estadia, aquele acordar a ver o rio, aquela cama! 

O pequeno almoço, as pizzas do hotel, a sala de cinema! 

Bem mas agora vamos desconfinar um pouquinho e o Costa já conseguiu, e bem, dar cabo dos planos de muitos milhões de portugueses (eu incluida) que planeavam uma Páscoa longe de casa para desconfinar. 

Vejamos, eu estava a planear ir para a minha casinha na aldeia a 1 de abril, pois bem o sr. Costa (muito bem) criou um plano para que ninguém saia sequer do concelho desde o dia 26 de Março até 5 Abril! 

Pronto pronto, vou ter de confinar em casa como todos os tugas! Era bom poder confinar num local com jardim e espaço para os miudos poderem correr, mas nessa impossibilidade ficamos no apartamento, melhores dias virão. 

Mas nem tudo é mau! 

Recordam-se que há um ano eu dizia algures por aqui que tinha ficado sem empregada doméstica, que a coisa até corria bem lá por casa e lá ia conseguindo fazer as minhas coisinhas. Pois bem ao fim de um ano, após dois confinamentos, duas vezes em que os miudos tiveram aulas online e me deixaram a casa em pantanas... consegui arranjar uma senhora para lá ir a casa 2x por semana (uma passar roupa e outra limpar). Bem dita a hora em que a minha cunhada perguntou se alguém precisava! 

Preciso sim e muito! SOCORRO tenho a casa parece um armazém, para terem noção ainda tenho as caixas com a decoração de Natal na entrada de casa à espera do próximo natal quase de certeza! 

Ai... isto agora com uma ajuda extra vai ser bem mais simples, porque estar a trabalhar, com o marido em casa a tomar conta das crianças e sem dar conta do recado com as tarefas domésticas deixa-me os cabelos brancos! 

Pronto e assim vamos começar a desconfinar, vamos começar a ver se as coisas melhoram que eu acredito que sim porque senão arranco os cabelos fora! 

Vamos lá que todos juntos somos muito e tudo conseguimos! 

 

P.S. Aos pais que vão ficar em casa com crianças do 2º ciclo (eu tenho um mas vai para casa da prima) e do 3º ciclo pensem positivo já faltou bem mais! 

Estagiária... Por favor foi a primeira e última!

Ana Gomes
15
Mar21

Bem sei que também já passei pelo mesmo, mas se queria o emprego esforçava-me para o ter. 

Ok vamos lá começar. 

Em Janeiro de 2021 estava combinado que uma sobrinha viria estagiar aqui na empresa. Ok tudo bem sem stress, mas não serei orientadora de estágio! (Ainda bem, porque senão ela já não estaria cá!) 

Ora vamos lá refletir sobre o assunto, supostamente um estágio é feito para aprendermos a trabalhar na area que estudamos! Supostamente um estágio permite-nos que consigamos experiência para arranjar emprego! A meu ver um estagiário terá todo o interesse em dar 100% para ver se consegue uma vaga de trabalho naquela empresa!

Acho que são 3 pressupostos válidos, certo?

Pois é... é certo para nós, não para uma estagiária de secretariado com 17 anos que nem sabe o que é responsabilidade. Quando a cabeça daquela miuda ainda pensa como uma adolescente, mas daquelas ainda na puberdade! 

Vou-me explicar... não há uma semana em que ela consiga trabalhar a semana toda ou quase toda já que às quartas de manhã tem aulas! 

Supostamente o horário seria segunda a sexta dias completos com excepção da quarta que seria só de tarde! Supostamente o estágio acabaria para a semana! Só que não!

Ora bem semana passada (semada 10) segunda de tarde nao veio consulta no dentista, terça veio o dia todo mas é como se não estivesse, teve "problemas" com o ex namorado porque ela fez merda... (quem não a conhece até acreditaria na história fascinante que inventou) ou seja na terça mais valia não ter vindo, quarta aula de manhã entrou de tarde, sentou-se e levantou-se para sair. Quinta... não apareceu teve consulta e sexta saiu mais cedo para ir aonde? A uma consulta! 

Ó pá ainda bem que não sou orientadora de estágio da miuda... porque metade destas consultas sem justificações ela já estava era em casa sem terminar o estágio! 

Falta muito para acabar Março? A criança andar a sonhar que em setembro volta para cá para o estagiar! Se a orientadora de estágio não fosse a "madre teresa de Calcutá" a miúda talvez endireita-se mas pronto... nada a fazer! 

 

NOTA: Entenda-se que ela é minha sobrinha e gosto muito dela, mas deixo-vos a explicação que os pais da criança são divorciados e ela foi "programada" pela querida mãe para ser a moça de recados para contar à mãe o que fazemos, o que temos, o que dizemos quase o que cag....! Sabendo eu a escola que ela trás e sendo eu um pouco como o meu pai, ela não vai na onda comigo porque não lhe facilito a vida dizendo tudo na cara. Cheguei mesmo há uns anos atrás mete-la no sitio dela quando levantou a voz ao meu irmao e à minha mãe e cheguei a dizer-lhe que se a "a tua querida mãezinha quiser vir falar comigo, que me bata à porta porque se ela quiser também lhe dou um par de estalos na cara como darei a ti se vir outra vez este espectaculo!"

 

 

Mau cheiro na roupa?

Ana Gomes
12
Mar21

Bem bem bem... vamos lá a pequenos truques nas lavagens para retirar os maus cheiros nas roupas nas lavagens. 
Coisas simples que ajudam em muito a nossa vida, de certo algumas delas vocês já conhecerão.

1. Verifique a máquina da roupa e se necessário faça uma limpeza à mesma... OK não quer gastar dinheiro com aqueles produtos de caca que andam no mercado, sem problema! O que eu faço para limpar a minha máquina é deitar dentro da gaveta e do tambor vinagre de limpeza e coloco no ciclo de 90º graus. Acabaram-se os cheiros! Para dar cheiro bom podem adicionar na zona da gaveta na parte do amaciador sumo de limão, faz o dois em um limpa e perfuma.

2. Secar a roupa ao tempo... nada que bom vento não faça milagres! 

3. Perborato, outro agente que nos ajuda para além de branquear a roupa a tirar os cheiros da mesma. 

4. Mais uma vez... na roupa de desporto deito um pouco de vinagre de limpeza junto com o detergente... adoro! O mau odor do suor sai e ajuda também a desinfetar.

5. Agora uma ajudinha que se vende nos supermercados, que é cara mas que deixa um cheiro fantástico na roupa... mal se abre a porta da máquina o perfume ja se sente! 

São as pérolas perfumadas que deitam no tambor da máquina antes de colocar a roupa. O melhor de tudo é que mesmo depois da roupa seca, depois de meses da roupa fechada no armário (lençóis de estação, edredões, etc) continua com o perfume maravilhoso.

 

Espero que as dicas sejam úteis e aproveitem o confinamento para organizar e limpar a vossa casa! 

Desliguei! - Parte II

Ana Gomes
11
Mar21

No post anterior informei que desliguei o facebook daqui do blog. 

Pois bem hoje venho informar que desliguei o instagram da página. Melhor não desliguei alterei o perfil para um perfil pessoal, passei-o para privado e é provável que muitos de vocês nem la constem de momento porque eu simplesmente removi. 
Peço desculpa a quem me seguia por lá, mas começo a achar que o melhor é privacidade. 

Estarão a perguntar-se o porquê destas decisões. 

Aqui vai a explicação mais curta e eficaz... porque sim! 

Ok, começo a ficar um pouco farta de ter de regularmente colocar o que quer que seja nas redes sociais só porque sou blogger ou tento ser. Não quero ter essa obrigação para quem me segue. Depois sou abordada regularmente por empresas que querem parcerias e que eu sinceramente dispenso porque não sou feita para essas coisa. A única que fiz foi com uma vendedora de uma marca da produtos de limpeza e sinceramente? Arrependo-me tanto, não que os produtos não sejam bons até pelo contrário, mas preferia não ter essa responsabilidade. 
Depois por alguns comentários que por lá surgem que me irritam um bocado e como por vezes não tenho filtro prefiro manter a conta numa coisa pessoal, so certos amigos, bloggers que tenho alguma confiança e familia claro. 

Quando ao blog aqui no sapo... vai manter-se nem que seja uma vez ao mês mas será sempre o meu local de escape! 

Queriam ver-se livres de mim? Não podem! 

Quando desconfio...

Ana Gomes
26
Fev21

Sabem quando desconfiam de algo... mas têm certezas! 

Que depois se confirmam, mas acabamos por não dizer nem confrontar quem devemos? 

Sabem quando acabamos por mandar uma boca para o ar ou dizer diretamente que sabemos a quem nos engana e eles ficam encravados? 

Pois é isso mesmo... eles supostamente acham que eu não... mas há uma parte que me diz mas o outro lado não e quando eu digo "ah e tal já sei que aconteceu e foste e falas-te..." e eles calam-se e não sabem o que dizer! 

Sabem o que isto me diz? Que quem me mente é porque está mesmo mal e a precisar de desanuviar ideias bem longe... de mim e dos meus!